A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.
Categorias
Palavras Chave

O prefeito Ivo Gomes e a vice Christianne Coelho deram posse, na manhã desta segunda-feira (04/01), aos 13 secretários municipais, ao chefe de gabinete, ao procurador-geral e ao controlador-geral do município.

Em solenidade, no auditório da Prefeitura, Ivo Gomes ressaltou que o desafio dessa nova gestão é imunizar a população de Sobral contra o coronavírus. Também estão entre as suas prioridades a geração de emprego e renda, o reforço nas ações de segurança, com foco na prevenção, e a volta às aulas. “60 mil pessoas em Sobral vão voltar às aulas este ano. Vamos todos nos empenhar para que possamos garantir às nossas crianças, jovens e adultos o retorno às aulas presenciais”, disse o prefeito.

Aos secretários, Ivo Gomes pediu empenho e espírito público na defesa dos interesses da população. “Vocês foram escolhidos pelos talentos individuais, pelo que vocês podem, com autonomia e com tirocínio, cumprir os compromissos que nós assumimos durante a campanha”, ressaltou o prefeito.

Ele destacou que, nesse início de gestão, também é o momento de cada secretaria organizar um planejamento estratégico para este ano, ouvindo os servidores e os cidadãos para saber, exatamente, quais são as prioridades da sociedade nesse momento.

“A cidade está cheia de esperança de que a gente possa dar um salto ainda maior do que foi feito na primeira gestão. Eu acredito que esse salto é possível. Há muitos investimentos em andamento em praticamente todas as secretarias da Prefeitura. O nosso esforço é fazer com que esses investimentos sejam concluídos e que, já a partir deste ano, possamos ampliar ainda mais as ações que atendam às necessidades da população”, disse Ivo Gomes.

Saiba quem são os novos secretários:

- Chefia do Gabinete do prefeito - David Duarte
- Procuradoria Geral do Município - Rodrigo Araújo
- Controladoria e Ouvidoria Geral do Município - Cézar Pinheiro
- Secretaria do Orçamento e Finanças - Socorro Oliveira
- Secretaria do Planejamento e Gestão - Ramom Carvalho
- Secretaria Municipal da Saúde - Regina Carvalho
- Secretaria Municipal da Educação - Herbert Lima
- Secretaria da Infraestrutura - David Bastos
- Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE) - Sandra Arcanjo
- Secretaria dos Direitos Humanos, Habitação e Assistência Social - Andrezza Coelho
- Secretaria Municipal da Cultura - Simone Passos
- Secretaria da Juventude, Esporte e Lazer - Eugênio Parcelli
- Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente - Marília Lima
- Secretaria da Segurança e Cidadania - Emanuela Leite
- Secretaria dos Serviços Públicos - Carlos do Calisto
- Secretaria do Trânsito e Transportes - Kaio Dutra

O prefeito Ivo Gomes se reuniu, na tarde desta terça-feira (29/12), com representantes de cartórios, de construtores e de corretores de Sobral para tentar destravar burocracias entre as instituições com o intuito de agilizar processos de construção no município.

“Os construtores e corretores nos disseram na primeira reunião que tivemos no início do mês que algumas burocracias poderiam ser agilizadas nos cartórios. Foi então que me disponibilizei para tentar ajudar na intermediação desse diálogo e hoje foi possível o encontro. O que queremos é que o que esteja dentro da lei possa ser agilizando em todas as etapas dos processos”, frisou o prefeito.

Um grupo de trabalho com representantes de todas as instituições foi criado e vai se reunir quinzenalmente na Prefeitura para traçar as estratégias de desburocratização.

Após conclusão da obra de infraestrutura, os jardins filtrantes dos parques da Cidade e Pajeú estão em fase de adensamento e diversificação da vegetação, tanto nos tanques construídos, como diretamente no leito do Riacho Pajeú. Como resultado, já é observada ao final dos 14 tanques construídos, com vegetação em crescimento, a saída de uma água limpa e sem mau cheiro, que é devolvida para o leito do riacho.

A filtração da água (fitorremediação) se dá pelo crescimento das plantas, que absorvem os compostos químicos dissolvidos na água e transformam o que seria poluição em fertilizante para a formação de biomassa vegetal. A zona de raízes por onde passa a água também serve de substrato para colônias de bactérias que transformam compostos nitrogenados tóxicos e geradores de mau cheiro, como a amônia, em nitritos e nitratos, que podem também ser facilmente absorvidos pelas plantas.

Os jardins beneficiam o ecossistema aquático e a qualidade de vida dos praticantes de atividades físicas e cidadãos que residem no entorno da área. Além da funcionalidade na melhoria da qualidade da água, também compõem o paisagismo dos dois parques.

Nos tanques vegetados observa-se a presença de muitas aves que utilizam o espaço do projeto como parte integrante do seu habitat. A presença de vida selvagem é bom indicativo de que os jardins estão bem integrados ao ecossistema natural. Indica ainda que é possível uma união cada vez maior entre o meio urbano com o natural, por meio do investimento em soluções baseadas na natureza.

A expectativa é de que com o pleno funcionamento dos jardins, aliado ao aumento da cobertura do saneamento básico e fiscalização dos lançamentos de efluentes em redes de drenagem, seja possível conquistar a despoluição completa dos rios, riachos e lagoas de Sobral nos próximos anos.

O projeto foi idealizado pela Prefeitura de Sobral e detalhado pelo escritório Hidrobotânica Ambiental. A ação é desenvolvida por meio do Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol), financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latica (CAF).

 
Na manhã desta quarta-feira (23/12), representantes da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente, da Polícia Militar, da Agência Municipal do Meio Ambiente, da Vigilância Sanitária e da Guarda Municipal se reuniram a fim de definir como se darão as ações de fiscalização relacionadas ao combate à Covid-19 durante o período das festas de fim de ano em Sobral.
 
Na ocasião, os representantes deram enfoque à proibição total de festas e eventos dos dias 14 de dezembro de 2020 a 04 de janeiro de 2021. Além disso, foi apresentado o levantamento de todas as ações de fiscalização realizadas em prol do combate à doença no município.

Nesta quarta-feira (16/12), os secretários Marília Ferreira Lima (Urbanismo e Meio Ambiente) e Herbert Lima (Educação) entregaram a professores da rede municipal de ensino a premiação pelos projetos selecionados ao final do Curso de Formação de Educadores do Projeto Escola Verde. Como prêmio, os profissionais receberam um kit do Programa de Educação Ambiental e um tablet. Na ocasião, também foi realizada a entrega de livros paradidáticos e módulos didáticos à Secretaria da Educação, que serão distribuídos nas bibliotecas das escolas municipais.

Curso de Formação de Educadores do Projeto Escola Verde

O curso teve como objetivo principal subsidiar a formação docente, em Sobral, com rigor técnico e acadêmico na área socioambiental, visando a ampliação e o aprofundamento das práticas pedagógicas na área. O conteúdo definido como fundamental foi: biodiversidade regional, arborização urbana e o saneamento ambiental (resíduos sólidos e conservação de recursos hídricos).

Projeto Escola Verde

O projeto Escola Verde integra o programa de educação socioambiental “Sobral Nossa Casa”, desenvolvido pelo Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol), financiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). 

O programa de educação é uma realização da Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), em parceria com a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA), Secretaria da Educação e demais secretarias municipais, e implementado pela Maestria Comunicação e Eventos.

Subcategorias

Cadastro

Instagram
YouTube