A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.
Categorias
Palavras Chave

A Prefeitura de Sobral, por meio do Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol), deve iniciar a segunda etapa de implantação dos Corredores Verdes em Sobral logo no primeiro trimestre de 2022. A primeira foi finalizada em junho do ano passado. Mais de 1.600 árvores de porte médio já foram plantadas, o que representa aproximadamente 12 quilômetros de corredores.

“Finalizamos a primeira etapa de plantio dos Corredores Verdes e estamos trabalhando para uma segunda fase, que, em breve, será executada. A proposta contemplou todas as orientações do Plano de Arborização Urbana de Sobral, que é o principal instrumento de gestão para a composição arbórea e florística do município”, disse a secretária do Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente (Seuma), Marília Ferreira Lima.

“Os corredores verdes visam a criação de espaços urbanos que atuem como sistemas interligados e condutores de habitat para os seres humanos, espécies animais e vegetais. Além disso, como resultado dessa intervenção, esperam-se melhorias no microclima, como a redução da temperatura pelo sombreamento e, consequentemente, um maior conforto térmico, fatores que estimulam os trajetos a pé e o uso da bicicleta e, em conjunto, trazem reverberações positivas no bem-estar físico e psíquico da população sobralense, finalizou a secretária”

A primeira etapa contemplou seis trechos: Avenida Senador Fernandes Távora, Rua Menino Deus, Rua Dom José, Rua 24 de Agosto, além de trechos que abrangem o Eixo Cívico e o bairro Nova Caiçara. Ao todo, foram 11 bairros contemplados: Centro, Dom Expedito, Sinhá Sabóia, Gerardo Cristino Meneses, Vila União, Junco, Campo dos Velhos, Cidade Dr. José Euclides, Cohab I, Várzea Grande e Nova Caiçara. Foram utilizadas plantas como Pajeú, Pau Ferro, Jacarandá, Paineira, Jacarandá de Minas, Mangueira, Jenipapo e Ipês Roxo, Rosa, Amarelo e Branco.

O Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol) é uma ação financiada pelo contrato de empréstimo entre Prefeitura de Sobral e Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e é executado pela Secretaria do Urbanismo, Habitação e Meio Ambiente de Sobral (Seuma).

Instagram
YouTube