A Agência Municipal do Meio Ambiente (AMA) realizou na segunda-feira (02/09), a apreensão de 48 pássaros silvestres em Sobral. As aves foram encontradas em cativeiro e com sinais de maus tratos, em uma residência no bairro Padre Palhano. A operação foi realizada em parceria com a 3ª Companhia do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) e Guarda Municipal. O infrator do crime ambiental foi conduzido à Delegacia Regional de Sobral, enquadrado na Lei de Crimes Ambientais e multado em R$ 24 mil, sendo R$ 500 por cada animal apreendido na sua residência.

De acordo com Tiago Bezerra, diretor de licenciamento e fiscalização ambiental da AMA, a agência está intensificando, nesse período mais seco, as ações de fiscalização no município, principalmente por conta do aumento nos riscos de queimadas. A AMA também realiza fiscalização de descarte inadequado de resíduos sólidos, poluição sonora, ambiental e desmatamento. O trabalho é realizado em parceria com a Guarda Civil Municipal de Sobral e com o Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA). Tiago Bezerra reforça que a infração de crimes ambientais, além de gerar multa, pode levar à prisão quem descumprir a lei.